Super Fruits Slot

Super Fruits Slot - Como utilizar a tag de pedágio em rodovias - Foto: divulgação/Abepam

Super Fruits Slot - Como utilizar a tag de pedágio em rodovias – Foto: divulgação/Abepam

 

Você sabe como utilizar as tags de pedágios em rodovias? Sistema que surgiu no Brasil lá nos anos 2000 têm se popularizado cada vez mais, com diversas empresas oferecendo esse serviço pelo país. Dentre os principais benefícios, o que mais se destaca é a economia de tempo, já que com o recurso instalado no veículo é possível passar direto pelo pedágio sem a necessidade da parada, evitando filas e efetuando o pagamento posteriormente.  

Apesar de ser uma tecnologia presente na rotina dos motoristas há algum tempo, o uso das tags ainda levanta algumas dúvidas relacionadas a sua utilização. Confira a seguir oito dicas que a Associação Brasileira de Empresas de Pagamento Automático para Mobilidade (Abepam) aconselha para o uso do serviço de forma correta e evitando filas nos pedágios das rodovias brasileiras.

 

| LEIA MAIS: Free flow: o que é e como funciona o pedágio eletrônico
| LEIA MAIS: Infrações graves: quais são, quanto custa e qual a pontuação?

 

8 dicas de como utilizar a tag de pedágio corretamente em rodovias 

 

1 – Escolher a tag que melhor se enquadra em suas necessidades 

Apesar de semelhantes, as diferentes tags oferecidas pelas empresas possuem algumas diferenças entre si. No momento de escolher qual instalar em seu veículo é preciso levar em consideração qual vai atender da melhor forma suas necessidades. 

 

2 – Ativar a tag antes de iniciar a viagem 

Antes de pegar a estrada, é necessário realizar a ativação da tag para que o pagamento não seja invalidado ao passar pelo pedágio. Vale lembrar que a evasão de pedágio é uma infração considerada grave, de acordo com o artigo 209-A do Código de Trânsito Brasileiro e rende uma multa de R$ 195,23.  

 

3 – Lembrar de carregar a tag pré-paga 

Dentre as modalidades oferecidas pelas empresas, uma é a tag pré-paga, que é isenta de mensalidade, mas necessita ser carregada para ser utilizada. Antes de viajar, não esqueça de efetuar a recarga para não ter o pagamento recusado na praça de pedágio.  

 

4 – Instalar a tag no alto do para-brisa 

Para uma boa utilização, a tag deve ser instalada no alto do para-brisa do veículo e também seguir todas as orientações da operadora contratada.  

 

5 – Não deixar a tag no bolso, bolsa ou porta-luvas 

Para funcionar corretamente, tag precisa se comunicar com os sensores espalhados pela praça de pedágio e por isso, precisa ser instalada no alto do para-brisa. Ao colocar a tag dentro do porta-luvas, na bolsa ou no interior de bolsas, a comunicação poderá não ocorrer e atrasar sua viagem.  

 

6 – Usar a tag em apenas um veículo 

Cada tag é exclusiva para o carro a qual ela foi contratada, sendo proibida a utilização em outros veículos. Caso haja a necessidade, é necessário contratar outra tag para ser instalada no automóvel que não dispõe do recurso.   

 

7 – Obedecer ao limite de velocidade e a sinalização da praça de pedágio 

Ao chegar em uma praça de pedágio, é preciso prestar atenção à sinalização para se direcionar a cabine destinada a passagem da tag. Além disso, é importante também respeitar o limite de velocidade estabelecido para aquela localidade.  

 

8 – Verificar possíveis débitos em rodovias com o sistema free flow 

Em rodovias com o sistema free flow, o pagamento do pedágio é feito de forma diferente (como você pode ver clicando aqui). Os carros sem a tag ou sem crédito precisam entrar no site da concessionária daquela rodovia e verificar pelo número da placa se há débitos de pedágio pendentes.  

Texto: Daniel Palermo

Share This
Super Fruits Slot Mapa do site