Super Fruits Slot

Divisão Renault Sport Alpine

Marca de carros esportivos do grupo francês terá gama formada por modelos 100% elétricos até 2025

 

 

 

A Renault oficializou a mudança de nome da divisão de esportivos Renault Sport (R.S.) para Alpine. A nova nomenclatura, utilizada desde o início do ano na Fórmula 1, passa agora a valer para os futuros projetos esportivos do grupo. O objetivo da Alpine é ter uma gama formada somente por veículos esportivos 100% elétricos.

A extinção da marca Renault Sport (responsável pela criação de modelos como R5 Turbo, Clio V6, Mégane R.S. e Sandero R.S.) faz parte do novo plano estratégico da marca, chamado de ‘Renaulution‘. A proposta é segmentar o foco de atuação do Grupo Renault em quatro marcas, cada uma com um objetivo claro: Dacia (veículos de entrada), Renault (modelos de maior valor agregado e elétricos), Alpine (agrega antigos modelos Renault Sport, Fórmula 1 e esportivos elétricos) e Mobilize (compartilhamento de carros).

Atualmente, o portfólio da Alpine na Europa é composto por um único modelo, o cupê A110, vendido nas versões Pure, Légende e S. Na topo de linha, o motor 1.8 turbo do A110S produz 292 cv a 6.400 rpm e 32,6 kgfm de torque. O câmbio é automatizado de dupla embreagem e 7 marchas e a tração, traseira. Com apenas 1.114 kg de peso em ordem de marcha, o cupê é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,4 segundos e alcançar 260 km/h de velocidade máxima.

Até 2025, a Alpine terá uma gama completamente nova e formada por três esportivos 100% elétricos: um hatch compacto feito na plataforma CMF-B EV, um crossover médio derivado da plataforma CMF-EV e um cupê sucessor do atual A110, feito em parceria com a Lotus.

Fotos: Divulgação

Share This
Super Fruits Slot Mapa do site